HOME MISSÃO E VISÃO DIRETORIA FALE COM A GENTE PARCERIAS LINKS 
sábado, Jundiaí 16 de dezembro 2017 Busca no site   
ÁREA RESTRITA
LOGIN/SENHA
 
BENEFÍCIOS
 
DÚVIDAS TRABALHISTAS
 
HOMOLOGAÇÃO
 
CONVENÇÕES COLETIVAS
 
JORNAL DO COMERCIÁRIO

 
Presidente e advogada do sindicato participam de Seminário da CNTC

 

Para debater o Projeto de Lei 6.787/2016, conhecido como reforma trabalhista, a Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio – CNTC – realiza nos dias 29 e 30 de março o Seminário Nacional sobre a Reforma Trabalhista: Nenhum Direito a Menos. O evento reúne federações, sindicatos e especialistas de várias regiões do Brasil; o presidente do Sincomerciários de Jundiaí e Região, Milton de Araújo, participa da reunião acompanhado da advogada da instituição Dra. Maria Angélica Campanhier, como representantes da Federação dos Comerciários do Estado de São Paulo – Fecomerciários.

A proposta, acima citada, altera leis da CLT, possibilitando diversas ações que prejudicam as condições de trabalho, como mudanças na jornada de trabalho e a sobreposição do negociado sobre o legislado. O meio sindical percebe que, mais uma vez, apenas os interesses do setor patronal estão sendo visados, esquecendo-se da dignidade do trabalhador.

 

Dentre as palestras, temas como Prevalência do Negociado sobre o Legislado; Trabalho em condições degradantes; Terceirização e seus impactos; Impactos da Reforma Trabalhista no Movimento Sindical; Precarização, Retrocesso Social e Soluções para o enfrentamento da crise do desemprego; serão abordados ao longo dos dois dias de seminário.

  

Na abertura do evento, que contou com a presença de cerca de 250 pessoas do meio sindical, o presidente da CNTC, Levi Fernandes Pinto, convocou a sociedade para uma grande mobilização nacional contra a Reforma Trabalhista. O presidente pontuou “Vivemos um momento social e político de suma importância em nosso país. Estamos cada vez mais certos de que a atuação do governo federal e do Congresso Nacional está na contramão dos anseios dos trabalhadores. Por isso, nossa união e articulação nos Estados torna-se ainda mais importante. Não nos deixaremos intimidar com a ofensiva contra os trabalhadores”.

 

O presidente Milton, que além desse Seminário já participou de outros em busca do debate consciente e qualificado acerca da situação política e econômica do país, afirma que o meio sindical lutará para que essas injustiças não se efetivem contra o trabalhador. “Já vem sido discutido há algum tempo e nós precisamos, realmente, lutar contra esses retrocessos apresentados pelo governo, como diz o emblema da campanha, não aceitaremos nenhum direito a menos” ressalta.

 

A Dra. Maria Angélica, por sua vez, disse que em seus estudos e participações em debates, congressos e seminários, a conclusão que se chega é que há uma clara tentativa de se retirar direitos do trabalhador e privilegiar o setor patronal, que busca apenas lucros e não se preocupa com a mão de obra. “As propostas que o atual governo tenta aprovar instauram uma escravidão moderna, em que o trabalhador acabará vendendo sua força de trabalho apenas em troca de sobrevivência e não mais uma vida íntegra” pontua a advogada. 

HOME
 
MISSÃO E VISÃO
 
DIRETORIA
 
FALE COM A GENTE
 
PARCERIAS
 
LINKS
Sindicato dos Empregados no Comércio de Jundiaí e Região - Rua Prudente de Moraes nº 377 - Centro - Jundiaí - Tel.: (11) 4588-2322